Descansando ao Sol

"Descansando ao sol"

Descrição da imagem: Foto vertical. No canto inferior direito um pequeno pássaro de dorso acinzentado e barriga amarela aparece pousado sobre uma coluna de concreto onde o sol reproduz sua sombra. O pássaro está fitando a maquina que o fotografa. O fundo da imagem está desfocado, mas se distinguem algumas árvores, arbustos e vegetação seca.

Visitantes na cidade – Campo Grande/MS

Descrição da Imagem: Fotografia tirada de baixo para cima. Num grande galho diagonal, que corta toda a imagem, encontram-se pousadas  duas araras azuis  e amarelas (Ara ararauna).Elas ocupam todo centro da fotografia. A  direita, uma das araras está bicando parte desse galho. O fundo é composto pelas folhas verdes da árvore e o céu ofusca a visão por sua claridade esbranquiçada

 

 

Clique em Visitantes para ouvir a audiodescrição

 

Inusitado Visitante

Descrição da imagem: Parte de uma linda flor cor de laranja vibrante. Um inusitado visitante pousa em uma pétala de aparência sedosa. O visitante é um inseto de asas longas e seus grandes olhos verdes parecem  mirar a lente da maquina fotográfica. Ao lado direito pode-se observar os estames amarelos (miolo da flor onde se encontra o pólen).

A Colmeia

Descrição da imagem: Em uma rachadura, num tronco que serve de apoio a um balanço (que não aparece na imagem), uma pequena colmeia em formato de tubo esta crescendo. O clic da fotografia ocorreu no instante em que uma abelhinha se preparava para entrar na colmeia paralizando o bater frenético de suas delicadas asas.

E lá vem Beia!

Descrição da imagem: E lá vem mais beia! Uma abelha suga suavemente o néctar de uma florzinha de manjericão. O ramo com as flores da planta está inclinado pra esquerda e a abelha é o objeto focado da imagem. Fundo com diversas folhas e parte, a direita, em preto.

Tucano – Lavras/MG

Descrição da imagem: A fotografia é composta por árvores secas e palmas de grande porte. Um tucano de uns 60 centímetros, de corpo preto e pescoço branco, grande bico alaranjado de ponta preta está pousado bem no centro, num galho seco, olhando fixamente para algum ponto a nossa direita. No fundo apenas o céu azul clarinho preenche o quadro.